FANDOM


Aegon II Targaryen foi o sexto Targaryen a sentar no Trono de Ferro, sucedendo seu pai, Viserys I.

AparênciaEditar

Aegon II Targaryen Amoka.jpg

De acordo com uma fonte extra-oficial, Aegon era parecido com seu pai em aparência, porém não possuia seu senso de humor e nem era tão gordo quanto ele, e sim possuia um mau-humor. Ele só tinha uma sombra de um bigode e um olhar sombrio. Embora ele usava armadura e espada durante a guerra, ele não era um guerreiro natural. Usava a coroa de Aegon, o Conquistador e a Blackfyre.

Dança dos DragõesEditar

O pai de Aegon, Viserys I, morreu em Predefinição:Data. Viserys havia deixado claro que seu desejo era que a meia-irmã mais velha de Aegon, Rhaenyra, herdasse o Trono de Ferro. No entanto, Criston Cole, Senhor Comandante da Guarda Real e depois conhecido como o Fazedor de Reis, desafiou a vontade de Viserys I e coroou Aegon II como rei. Rhaenyra se recusou a aceitar que usurpassem seu direito e entrou em guerra com o irmão. O reino se dividiu em duas facções, os Verdes (lado de Aegon e da Rainha Alicent) e os Negros (partidários de Rhaenyra), que entraram em confronto na primeira guerra civil da Dinastia Targaryen, a chamada Dança dos Dragões.

Por razões desconhecidas, Aegon II deu o Grande Meistre Gerardys para que seu dragão devorasse.

Aegon e seu dragão foram feridos na Batalha de Rook's Rest, onde ele sofreu queimaduras e fraturas. Sua armadura derreteu em seu braço direito, e ele levou um ano para se recuperar, mas passou o resto da vida encurvado e retorcido. Quando sua meia-irmã Rhaenyra tomou Porto Real e o Trono de Ferro em Predefinição:Data, Larys Strong ajudou o rei a fugir, enviando-o à Pedra do Dragão disfarçado de plebeu. Ali, Aegon foi hábil e seduziu diversos Negros para o seu lado, tomando o controle da ilha. Durante esse ato, ele teve de lutar com Baela Targaryen, ambos montados em dragões. Apesar de vencê-la, Aegon quebrou as duas pernas e seu dragão, Sunfyre, ficou tão ferido que nunca mais voou de novo. O próprio Aegon teve de conviver com muita dor durante o resto da vida, traumatizado com o leite de papoula após a experiência que tivera durante sua última recuperação.

Para sua sorte, Rhaenyra teve de fugir de Porto Real após a Tempestade no Fosso dos Dragões, e se dirigiu ao lugar onde pensava que estaria segura: Pedra do Dragão. Ali, sem saber que seu maior inimigo a esperava, ela foi capturada, julgada como traidora e devorada pelo moribundo Sunfyre na presença do filho, Aegon III.

Aegon II retomou o governo por mais meio ano, mas morreu em Predefinição:Data em circunstâncias não esclarecidas. Como não tinha filhos, o Trono de Ferro acabou passando para o filho de Rhaenyra, Aegon III, que se casou com Jaehaera, a filha de Aegon II.

ReferênciasEditar

Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Aegon II Targaryen. A lista de autores pode ser vista em histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória