FANDOM


No Title
[[300px|250px]]
Loras Tyrell, por Amoka ©

No Title

No information

Arquivo:Loras Tyrell Тхе Мичо.jpg

Sor Loras Tyrell é o terceiro filho de Lorde Mace Tyrell. Conhecido como O Cavaleiro das Flores, é extremamente habilidoso nas justas e torneios. Suas habilidades e seu estilo o tornaram famoso nas cortes dos Sete Reinos.

Seu brasão pessoal são três rosas douradas sobre um campo verde, indicando-o como terceiro filho.

Aparência e personalidadeEditar

Sor Loras é excepcionalmente bonito, com longos cabelos castanhos e olhos dourados. Tyrion, ao pensar sobre ele, o vê como bonito e já considerado uma lenda, sendo que metade das garotas dos Sete Reinos querem ir para a cama com ele e todos os garotos querem ser ele.

Apesar de sua juventude e corpo esguio, é um guerreiro forte, capaz de manejar espadas e machados. É amado pelos plebeus, especialmente pelas mulheres. Apesar de cortês, ele é impulsivo e sedento de glória, o que o torna mau-humorado. Tyrion o considera um rapaz espinhoso.

Sansa Stark possui uma forte atração por Loras, achando-o gracioso e dono de olhos maravilhosos. Ela acha que ele parece ainda melhor trajando o branco da Guarda Real ao invés do verde e dourado da Casa Tyrell.

HistóriaEditar

Arquivo:Loras e Renly HBO.jpg

Em sua juventude, Loras foi criado em Ponta Tempestade, onde serviu como pajem e escudeiro de Renly Baratheon. Supõe-se que foi nesse período que teve início o relacionamento secreto dos dois. Apesar disso, muitos na corte sabem dessa relação proibida.

Durante o casamento de Sansa com Tyrion, Sor Garlan Tyrell puxa a noiva para dançar. Ele diz a ele que viu o modo como ela olha para seu irmão, e que Loras e bonito e valente, e que todos o amam muito, mas que Tyrion seria um marido melhor para ela. Isso provavelmente indica que os Tyrell sabem bem da vida sexual de Loras.

Eventos recentesEditar

A Guerra dos TronosEditar

Loras Tyrell participa do Torneio da Mão, vestindo uma armadura coberta com jóias em formas florais e uma capa de rosas tecidas. Entre aqueles que venceu figuram Sor Robar Royce e três membros da Guarda Real. A cada vitória, entrega uma rosa branca para uma bela garota na platéia. Para Sansa Stark, a filha da Mão do Rei, impressionando a garota com sua cortesia, que, desde então, apaixonou-se por ele.

Apesar de ter uma reputação de muito galante, ele cavalga em uma égua contra Sor Gregor Clegane, considerado, por alguns, uma tática espúria. A égua inflama os ânimos do garanhão do enorme cavaleiro, fazendo-o pular e levando Gregor a atacar Loras. Após o irmão da Montanha, Sandor Clegane, resgatá-lo do ataque, Loras desiste da partida final, dando a vitória ao Cão de Caça.

Renly e Loras planejam secretamente para que o Rei Robert afaste a Rainha Cersei em favor da irmã de Loras, Margaery. Renly mostra a Lorde Stark um retrato da garota na esperança que se assemelhasse com a irmã de Eddard, Lyanna, mas não foi o caso.

Quando Ned Stark, sentando no Trono de Ferro no lugar do Rei, envia um grupo liderado por Beric Dondarrion para matar Gregor Clegane, Loras fica desapontado por não ter sido escolhido para a missão.

Quando Renly foge de Porto Real após Eddard ter recusado sua oferta para tomar o poder, Sor Loras o acompanha em direção ao sul, junto a 50 homens. Varys suspeita que se dirijam a Ponta Tempestade ou a Jardim de Cima.

A Fúria dos ReisEditar

Quando Renly apresenta sua reivindicação ao Trono de Ferro, Loras e o resto da Casa Tyrell o apoiam, cimentando este apoio pelo casamento de Margaery Tyrell e Renly, e pela indicação de Lorde Mace como sua Mão. Seus exércitos reúnem-se em Jardim de Cima, e Renly indica Loras como Lorde Comandante de sua Guarda Arco-Íris, uma versão caprichosamente ostentativa da tradicional Guarda Real. Os dois permanecem inseparáveis mesmo após o casamento de Renly. Durante sua marcha, Renly organiza um grande torneio em Ponteamarga, com cento e dezesseis cavaleiros; Loras é us dos dois combatentes finais, porém perde para Brienne de Tarth, que recebe a última vaga na Guarda do Rei.

Após a fracassada negociação com seu irmão Stannis, Renly nomeia Loras como líder da vanguarda na batalha, escolhendo-o sobre Randyll Tarly, Guyard Morrigen, e muitos outros candidatos. Após o assassinato de Renly, Loras enlouquece, matando os dois Guardas Arco Íris responsáveis pela proteção do Rei naquela manhã. Ele acredita que Brienne seja a assassina, junto a Catelyn Stark, mas não as consegue capturar. Ele retorna a Ponteamarga com sua família para planejar o destino da Campina; lá, os Tyrell capturam os dois cavaleiros que Stannis havia enviado para recrutar a infantaria de Renly.

Quando os Tyrell juntam-se a causa dos Lannister contra Stannis, Loras luta ao lado de seu irmão Garlan Tyrell, que veste a armadura de Renly (que era grande demais para Loras) para se passar pelo falecido Rei na Batalha do Água Negra. Após a batalha, Loras é indicado para um posto na Guarda Real do Rei Joffrey.

A Tormenta de EspadasEditar

Loras é indicado para a Guarda Real a pedido de seu pai (apesar de a ação ter sido orquestrada por Mindinho), para proteger sua irmã, quando ela se tornasse Rainha. A indicação também permite a Loras evitar casamento, um aspecto complicado de sua ambígua sexualidade, e seu contínuo luto por Renly. Ele rapidamente torna-se popular entre os cidadãos de Porto Real.

Quando Sor Jaime Lannister, o ausente Lorde Comandante da Guarda Real, retorna à capital, Loras reconhece Brienne entre seus companheiros e a confronta imediatamente a respeito da morte de Renly. Sob ordens de Jaime, Brienne é presa. Jaime o concence a questionar Brienne diretamente sobre as circunstâncias da morte de Renly.

Loras mantém uma relação muito próxima com sua irmã, que sugere que ele treine o jovem Rei Tommen para ser um cavaleiro armado. A Rainha Cersei prontamente recusa, usando insinuações veladas sobre sua masculinidade como motivo.

Ele finalmente confronta Brienne e se convence de sua inocência na morte de Renly.

O Festim dos CorvosEditar

Sor Loras permanece em vigília com Sor Jaime sobre o corpo do Lorde Tywin Lannister.

Quando Euron Greyjoy invade as Ilhas Escudo, Loras e Margaery exigem que Cersei libere a frota Redwyne para que possam expulsar a Frota de Ferro. Cersei se aproveita da impulsividade de Loras e o manipula, dando-lhe o comando do Cerco de Pedra do Dragão, dizendo-lhe que assim que a fortaleza cair, a frota será liberada. Loras parte da cidade, recebendo a ovação de muitos admiradores.

Após uma batalha encarniçada, Pedra do Dragão cai, mas Loras é atingido por óleo fervente e fica gravemente ferido. Seu estado de saúde ainda não é claro.

A Dança dos DragõesEditar

Loras está em Pedra do Dragão, e os relatos são de que está gravemente ferido. Ele procurou por todo castelo, mas não encontrou ouro, pedras preciosas ou ovos de dragão.

CitaçãoEditar

Predefinição:Quote Cersei Lannister

FamíliaEditar

Predefinição:TyrellGen



Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Loras Tyrell. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória