FANDOM


Mance Rayder foi um homem da Patrulha da Noite até que quebrou seus votos e abandonou seu posto. Desde então, tem se tornado extremamente influente entre os selvagens, e é chamado de "Rei-Para-Lá-da-Muralha".
Mance Rayder Amoka.jpg

Mance Rayder, por Amoka ©

Aparência e personalidadeEditar

Mance é um homem grande, de pernas longas e magro, com peito e ombros largos. Seus cabelos já foram castanhos, porém hoje, em sua maior parte, estão grisalhos; linhas marcam seu rosto no canto de sua boca quando ri. Ele tem um rosto afilado e sagazes olhos castanhos. É, enfim, um home de meia idade de aparência comum, com um grande gosto por música.

HistóriaEditar

Mance foi uma criança selvagem, tomada pela Patrulha da Noite e criado como um deles. Foi um membro leal da Patrulha por grande parte de sua vida, até que foi ferido enquanto patrulhava, e foi curado por uma mulher selvagem. Enquanto se recuperava, ela emendou sua capa resgada com pedaços de tecido vermelho. Em seu retorno à Muralha, os comandantes o fizeram trocar sua capa remendada por uma das capas negras. Esta violação a sua liberdade o fez abandonar a Patrulha da Noite e ir viver com os selvagens, do jeito que quisesse.

Eventos recentesEditar

A Guerra dos TronosEditar

É revelado que quando Robert Baratheon foi a Winterfell para visitar seu velho amigo Eddard Stark, Mance estava presente no evento. Através de fontes na Patrulha da Noite, Mance ficou sabendo da visita do Rei ao Norte; inspirado pela lenda de Bael, o Bardo, decidiu participar das festividades. Ele escalou a Muralha e viajou até Winterfell.

Sua presença não foi reconhecida por Ned, nem por seu irmão Benjen, que nunca o haviam encontrado, apesar do último já ser membro há alguns anos da Patrulha da Noite. Sob o disfarce de um músico, Mance tocou alaúde no banquete.

A Tormenta de EspadasEditar

Mance assumiu a monumental tarefa de unir os notoriamente individualistas selvagens sob sua direção para invadir os Sete Reinos; reuniram-se nas Presas de Gelo. Ao ouvir rumores do abandono de aldeias e da organização dos selvagens por Mance Rayder, o Rei-Para-Lá-da-Muralha, a Patrulha da Noite organizou uma grande expedição para enfrentá-los.

Quando Jon Snow encontrou Mance sob o pretexto de se juntar a sua causa, Mance o explicou que ele havia tomado posse de um berrante mágico conhecido como Berrante do Inverno, que supostamente faria tombar a Muralha, e a usaria como último recurso se ele não conseguisse superar a Patrulha militarmente. Mance, entretanto, revelou que os selvagens, incluindo seu próprio povo, tem sido caçados pelos Outros e suas criaturas, e tem sido incapazes de detê-los. Seu principal objetivo, por conseguinte, não seria destruir a Muralha, mas usá-la como um escudo contra os Outros.

Mance comandou a invasão da Muralha enquanto esta estava protegida por uma guarnição raquítica, comandada por Jon Snow. Apesar de todas as adversidades, Jon conseguiu deter o avanço das forças de Mance por tempo suficiente até os inesperados reforços comandados por Stannis Baratheon chegarem e destruírem o desorganizado exército selvagem.

O Festim dos CorvosEditar

Jon, clandestinamente, enviou o filho de Mance para longe da Muralha, sob os cuidados de Samwell Tarly, pois sabia que a feiticeira de Stannis, Melisandre, desejava sacrificar uma criança de sangue real, e acreditava que o título de Mance, "Rei-Para-Lá-da-Muralha", poderia ser considerado de linhagem da realeza.

A Dança dos DragõesEditar

Mance supostamente é queimado vivo por Stannis, com o testemunho de selvagens, membros da Patrulha da Noite, Homens do Rei e Homens da Rainha. Jon Snow ordena que arqueiros da Patrulha matem-no durante a queima, para que ele tivesse uma morte rápida.

Na realidade, o homem morto era Camisa de Chocalho, enfeitiçado por Melisandre para parecer como Mance. Enquanto isso, o real Mance é enfeitiçado por um rubi que leva no pulso para parecer como Camisa de Chocalho. Ninguém além de Mance e Melisandre sabiam da verdade, nem mesmo Stannis, de quem Melisandre esconde o que fez devido ao rígido código sob o qual ele vive. "Camisa de Chocalho" chegou até mesmo a praticar com Jon Snow no pátio, e Jon ficou impressionado com suas habilidades, sem saber que na verdade era Mance.

Posteriormente, quando chegam à Muralha notícias de que Arya Stark iria casar Ramsay Snow, Melisandre ofereceu enviar Camisa de Chocalho para resgatá-la, mas Jon recusa, por não confiar nele. Então, Melisandre revela o disfarce de Mance, para que Jon reconsidere a oferta. Jon tinha o controle sobre o filho de Mance (Melisandre e Mance não sabiam que o bebê havia sido trocado pelo filho de Goiva), portanto Mance faria de tudo para recuperar a irmã de Jon, pelo bem de seu próprio filho.

Mance levou seis esposas de lança selvagens com ele: Rowan, Holly, Esquilo, Willow Olho de Bruxa, Frenya e Myrtle. Ele chegou em Winterfell como um bardo sob o nome de "Abel", um anagrama de "Bael", e afirmou que as mulheres eram suas parentes ou seguidoras. Mance tocou músicas durante o casamento e o banquete que o seguiu em Winterfell, e durante a noite suas esposas assassinaram diversos soldados Bolton (as suspeitas, em princípio, pairaram sobre Theon Greyjoy, após sobre cavaleiros Manderly) causando tensão no castelo entre Bolton, Frey e casas nortenhas. O grupo conseguiu a ajuda de um relutante e amedrontado Theon para ajudá-los a libertar Arya, apesar de ele saber que, na realidade, ela era Jeyne Poole. As tensões explodiram no castelo quando Pequeno Walder Frey foi assassinado (as esposas de lança, entretanto, negaram a Theon que fossem responsáveis). Disfarçadas como criadas levando água para o banho de Arya, as seis mulheres e Theon entram em seu quarto e lá Esquilo troca de lugar com a aterrorizada Jeyne, sendo esta disfarçada de criada para tirá-la de lá escondida (Esquilo iria continuar no quarto e escapar pela janela da torre). O plano foi um sucesso até que Jeyne revela a localização deles gritando, e ela e Theon são forçados a pular das muralhas de Winterfell até a neve acumulada embaixo.

Foi informado numa carta de Ramsay a Jon Snow que Mance havia sido capturado e jogado numa jaula ao ar livre, e que as seis esposas de lança que estavam com ele haviam sido mortas e esfoladas. Mance estava sendo forçado a usar uma capa feita das peles delas costuradas como única fonte de calor.


Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Mance Rayder. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória