FANDOM


No Title
[[300px|250px]]
Aemon, por Amoka ©

No Title

No information

Meistre Aemon, cujo nome verdadeiro é Aemon Targaryen, é o terceiro filho do Rei Maekar I. Ele tem servido como um Meistre para a Patrulha da Noite por tanto tempo que o resto dos Sete Reinos esqueceu de seu sangue Targaryen. Na série de TV, ele é interpretado por Peter Vaughan.

Aparência e personalidadeEditar

Um antigo homem de cem anos de idade no início da saga, Aemon é careca, enrugado, encolhido e cego (seus olhos são descritos como olhos enevoados, brancos como o leite)[1]. Ele fala baixinho, mas seu conselho é tão valorizado e respeitado que muitos caem em silêncio para ouvi-lo. Apesar de sua idade, a sua mente ainda está afiada assim como sua audição. Aemon é um homem sábio, humilde e capaz.

HistóriaEditar

Aemon Targaryen foi o terceiro filho de Maekar. Recebeu esse nome em homenagem ao seu antepassado, o Príncipe Aemon Targaryen. Seu avô, o Rei Daeron II, tinha quatro filhos adultos, três deles com filhos próprios. Tantos herdeiros Targaryen era algo perigoso, de modo que Daeron mandou Aemon para a Cidadela.

Aemon forjou sua corrente, tornando-semeistre. Ele serviu a um fidalgo até que seu pai ascendeu ao Trono de Ferro e chamou todos os filhos para serví-lo na corte. Aemon se recusou a ir, dizendo que usurparia o lugar que por direito pertencia ao Grande Meistre, e optou por servir ao irmão Daeron Targaryen.

Com a morte de Maekar, instalou-se uma crise sucessória, que culminou no Grande Conselho. Após passarem por cima dos herdeiros de Daeron e de Aerion, os conselheiros ofereceram o Trono a Aemon, que o recusou, dizendo que este lugar pertencia ao irmão mais novo, Aegon. O irmão foi coroado e passou a ser conhecido como Aegon, o Improvável.

Aemon decidiu se juntar à Patrulha da Noite, contraindo votos adicionais que o distanciariam ainda mais do Trono de Ferro e impediriam que fosse usado em conspirações contra Aegon. Aegon providenciou uma "guarda de honra" para acompanhar seu irmão até a Muralha no navio Dragão Dourado, esvaziando as masmorras da Fortaleza Vermelha e enviando Sor Duncan, que os acompanhou até Atalaialeste do Mar.

Rhaegar Targaryen costumava se corresponder com seu parente ancião. Aemon declarou que todo homem que se junta à Patrulha acaba tendo seus votos testados algum dia. Segundo ele, os seus próprios votos foram testados por três vezes e ele foi forçado a se manter longe e incapaz enquanto a Casa Targaryen era destruída na Guerra do Usurpador.

Eventos recentesEditar

Predefinição:Spoiler

A Guerra dos TronosEditar

Meistre Aemon esteve presente no dia da festa, quando o Senhor Comandante Jeor Mormont acolheu Tyrion Lannister à Muralha. Aemon reconhece a inteligência de Tyrion descrevendo-o como "um gigante vindo entre nós", tomando Tyrion como um anão estranhamente silencioso.

Aemon auxilia Jon Snow ajudando seu amigo Samwell Tarly a se tornar um membro da Patrulha da Noite, temendo pela segurança do menino se ele continuasse a ser um recruta sob o treinamento brutal de Sor Alliser Thorne. Aemon aconselha Jon Snow quando ele descobre que a família de Jon está em perigo, pois sabia que Jon estava tendo pensamentos de abandonar a Patrulha e partir em socorro de sua família, assim como Aemon teve durante a Guerra do Usurpador.

A Fúria dos ReisEditar

Aemon, está velho demais para acompanhar o grupo que vai para o norte da Muralha, permanece em Castelo Negro. O dever de escrever e enviar mensagens cai para Samwell Tarly. Jeor Mormont revela muito da história de Aemon para Jon, incluindo o fato de que Aemon poderia ter sido rei, mas recusou-se à coroa. Mormont tem uma opinião muito elevada de Aemon e suas habilidades, uma partilha a opinião de Jon.

A Tormenta de EspadasEditar

Quando Jon Snow volta a Castelo Negro, gravemente ferido por uma flecha, Meistre Aemon trata sua lesão, pois apesar de ser cego, suas mãos são constantes e ele trata da ferida com sucesso. Donal Noye e Aemon ouvem e creem nos relatório de Jon de selvagens próximos ao ataque. Quando Donal Noye é morto defendendo os portões de gigantes, Aemon diz a Jon que ele deve guiar os homens, enquanto Aemon fornece orientações para ele e os outros homens da Muralha. Aemon também trata de defender Jon quando Janos Slynt e Sor Alliser Thorne querem Jon executado por supostamente quebrar seu juramento e se tornar um selvagem. Durante a ocupação da Muralha por Stannis, Aemon duvida da reivindicação de Melisandre a qual Stannis é Azor Ahai renascido.

O Festim dos CorvosEditar

Arquivo:MeistreAemonnoMelro.jpg

O novo Senhor Comandante Jon Snow envia Aemon para Vilavelha com Dareon, Samwell Tarly, a selvagem Goiva e o bebê de Mance Rayder, o "Príncipe Selvagem", para remover todo o "sangue real" das mãos de de Melisandre. Jon temia que Melisandre poderia matar Aemon por seu "sangue real" para usar em um feitiço. No entanto, a viagem marítima no Melro é difícil para o velho e Sam luta para lhe dizer o que fazer, deixando-o no convés, por muito tempo na chuva, enquanto ele estava perdido em suas recordações. Ele ficou acamado e perto da morte quando chegaram em Bravos.

Aemon, ao ouvir de Daenerys Targaryen e seus dragões, é convencido de que ela é o príncipe que foi prometido, a palavra valiriana traduzida como "príncipe" é de gênero neutro. Ele amaldiçoa sua idade, queixando-se que ele é muito velho e fraco para procurá-la para ajudar com conselhos e conhecimento sobre dragões. Durante a viagem de Bravos para Vilavelha ele morre de frio com cento e dois anos. De acordo com Alleras, um novato da Cidadela, ele era o homem mais velho de Westeros.

A Dança dos DragõesEditar

Tentando dormir, Jon Snow medita nas palavras finais do Mestre Aemon para ele:

Predefinição:Quote

Jon lembra das palavras de Aemon durante todo o seu comando.

Na série de TVEditar

Primeira TemporadaEditar

Em Baelor, Meistre Aemon revela a Jon Snow que seu nome verdadeiro é Aemon Targaryen, e que ele é um tio há muito tempo esquecido do Rei Louco, Aerys Targaryen. Ele permaneceu na Muralha, enquanto ouviu falar sobre sua família sendo massacrada durante a Rebelião de Robert e os poucos sobreviventes fugiram para o exílio. Ele não pôde fazer nada para ajudá-los, porque seu dever é para com a Patrulha da Noite e não mais para a sua Casa. Assim, ele sugere que Jon também considere a necessidade de fazer isso.

FamíliaEditar

Predefinição:TargaryenGenDaeronII


ReferênciasEditar

Predefinição:Referências


Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Maester Aemon. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.


Erro de citação: existem marcas <ref>, mas nenhuma marca <references/> foi encontrada

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória